Arquivo | Futebol Nacional RSS for this section

hirohide-hamashima


hirohide-hamashima

Caption (optional)

Anúncios

hirohide-hamashima


hirohide-hamashima

Caption (optional)

O Mago da Bridgestone Veste Vermelho


O ano de 2012 promete ser decisivo para a Ferrari. Cinco anos depois do ultimo titulo, o time Rosso promete reestruturação em seu corpo técnico. Alheio às promessas de títulos do Alonso e ultimatos a Felipe Massa, minha analise verte apenas aos que fazem o carro e que, na minha opinião, é o que interessa. Uma excelente jogada foi trazer Pat Fry, ex-McLaren, para reorganizar uma área que andava em completa bagunça nos últimos anos. Porem, o que me chamou mais atenção foi a contratação de um cara que ficou famoso por trabalhos fora de qualquer equipe de Formula 1.

A contratação foi Hirohide Hamashima, ex-diretor da Bridgestone nos anos em que a fornecedora japonesa esteve na categoria. A ideia de trazê-lo é bastante simples, tentar solucionar o maior dos problemas dos carros italianos: a capacidade de se adaptar aos pneus. É bem sabido que a Ferrari anda melhor em compostos mais macios. Esta é uma verdade desde os tempos da Bridgestone e do antigo corpo técnico. O problema reside quando os compostos se tornam mais duros. A capacidade de geração de calor do sistema de suspensão é muito sutil, fazendo os compostos mais duros demorarem demais para aquecer, chegando ao ponto de às vezes, jamais atingir a temperatura ideal de funcionamento dos compostos, que está em torno de 100 °C. Hamashima vem para o time como um consultor, para que o projeto das novas suspensões seja mais harmonioso com as curvas de aquecimento dos compostos italianos.

Confesso aos amigos que este problema não iria persistir da forma que aconteceu após a ultima temporada. Supondo que os Ferraris seriam lentos devido aos duros compostos da Bridgestone, o oposto deveria valer ao utilizar os pneus extremamente moles da Pirelli. O que se viu foi justamente o contrario e, justamente por este motivo, considero essa nova contratação uma verdadeira jogada de mestre, a mais importante de todas para a temporada de 2012. A Ferrari mostra que quer realmente voltar ao topo e está investindo em bons nomes para atingir tal objetivo.

Se vai atingir, apenas o tempo dirá. Se possui as pessoas certas para tal, aí já é outro assunto…

hirohide-hamashima


hirohide-hamashima

Caption (optional)

Rogério Ceni – #M1T000


Re-inando o blog, em um dos melhores dias do ano!

Vamos falar breve sobre o jogo entra São Paulo e Atlético Mineiro, que foi o menos importante, mesmo nos dando a liderança.
O tricolor saiu na frente logo depois da festa e entrega de placa, aos 23 segundos com um belo gol de Lucas, contando com a sorte de um bate-e-rebate da zaga. Logo após, aos 10 minutos, tomou um gol de escanteio previsível. O jogo ficou em um clima mais tenso. De nada adiantaria toda a festa se a vitória e a liderança não viessem. Mas Dagoberto estava lá, no segundo tempo, resolvendo como de costume em 2011. O atacante vem nos dando alegrias esse ano, por mais marrento que seja. Seguramos o placar até o final, com mais algumas chances e um jogo bem pegado.

O jogo coletivo do tricolor no ataque preocupa. Foram poucas as chances de gol em jogada coletiva no ano, e no jogo não foi diferente.

Mas isso tudo não importa tanto no momento. Rogério – o mito – Ceni fez seu milésimo jogo. São mil jogos no comando do gol tricolor, uma marca absurda. Vários jogadores se orgulham de completar cem jogos por um time e ganham até homenagem na camisa. Nosso goleiro completou mil, dentro e fora de campo.
Não é só salvando na meta e fazendo mais de cem gols pelo tricolor que Rogério Ceni fez história, mas em toda a liderança que teve fora dos gramados e em conquistas  históricas pelo nosso time. Ele merece ser saudado e mitificado por todo o resto da história do São Paulo Futebol Clube.

Valeu Rogério, por mais um, de tantos recordes. 

“…e ao vencedor, as batatas!”


Férias do Blog? Talvez – 19 de Janeiro, 23 e pouco e o Palmeiras tinha seu novo presidente eleito. Arnaldo Tirone Filho, da chapa que tem como principal cacique Mustafá Contursi, e que governará no biênio 2011-2013 sendo o sucessor de uma das PIORES administrações do Palmeiras em todos os tempos (Até por que tem uma concorrência forte com a administração de Luiz Gonzaga Belluzzo).

Infelizmente Belluzzo, que prometia ser uma revolução no futebol brasileiro, teve sua administração marcada como passional. Aonde o torcedor Belluzzo agiu nas horas em que o presidente Belluzzo devia ter agido de forma racional. Exemplos disso são o episodio do “vamos matar bambi“(sic), as ameaças a Carlos Eugênio Simon e oferecer cegamente o salário que Felipão pediu, sendo que ainda estava pagando as multas recisorias de Luxerley AND Muricy Ramalho.

Agora com um novo presidente, é esperar os primeiros 3,4 meses de seu mandato para ver qual o rumo que o Palmeiras deverá seguir pelos proximos 2 anos. E torcer, torcer para que ele um sapo turco não resolva abrir demais o seu papo e acabar dando uma tremenda dor de cabeça para os torcedores do Palmeiras…de novo.

 

 

 

 

 

 

Ronaldinho no Flamengo


Provavelmente muita coisa sobre a ida do Ronaldinho ao Flamengo permanece em certo mistério, ou então “como que eles conseguiram levar o cara”? Para isso, posto abaixo a declaração de Marilene Dabus no Facebook, conselheira do Flamengo e amiga da minha mãe. Mas ao mesmo tempo, uma declaração indignada de uma pessoa la de dentro e que sabe do que ta falando…

“A Traffic pagará os 8 milhões de euros ao Milan e será a dona do jogador, e a Olympikus pagará os salários, foi o que eu soube. Até aí, tudo bem…
Vamos fazer um exercicio de raciocinio: Ronaldinho tem 30 anos, está na flor da idade, uma conta bancária recheada, um tesão fdp, voces acham mesmo que ele irá se dedicar plenamente ao fute…bol????? Treinar de manhã cedo, dormir no mesmo quarto que o Makeba (sem qualquer menosprezo ao nosso garoto), treinar no CT com poucas condiçoes de conforto, viajar para o interior do estado pra jogar contra um Duque de Caxias, e por ai vai?????
A unica e maior satisfação para qualquer estrela, e esta é insuperável, é a torcida do Mengão!!!!!!!!!! Será que isto bastará? Só o tempo dirá…”

Sem mais!