O Renascimento Entre Lagos


Sebastian Vettel em seu Red Bull

Sebastian Vettel venceu o GP de Interlagos. Ele simplesmente não tinha outra opção, caso quisesse vencer o titulo dessa temporada. Com essa vitoria e o 2º lugar do companheiro Mark Webber, as coisas se complicaram na Red Bull. Muito se falava em dar prioridade a um piloto na disputa do titulo, pois a Ferrari já esta fazendo há tempos (e era desejo do diretor Christian Horner). Mas garanto que a consciência de Mateuschitz (dono da Red Bull) esta mais que tranqüila. Afinal, tem o melhor carro da temporada (a equipe já é campeã dos construtores) e seus dois pilotos são candidatos reais ao titulo.

E chegaremos a corrida deste domingo em Abu Dhabi com uma marca histórica: Nunca em 60 anos de F-1 4 pilotos chegaram a ultima prova com chances de titulo. Sim, ate Lewis Hamilton ainda pode vencer o campeonato, desde que com uma combinação milagrosa. Apesar do circuito de Abu Dhabi parecer mais um kartodromo de gente grande, com suas milhares de curvas de 90°, tenho um feeling de que a coisa não será assim tão normal em relação ao vencedor. Acredito que haverão abandonos entre os postulantes ao titulo, seja por fatores de corrida, seja por terem motores no limite, que podem quebrar ate mesmo num circuito que não exige dos mesmos. Por isso mesmo, não consigo pensar num campeão, mas não escondo que torço por Sebastian Vettel. Sim, ele errou muito este ano, mas todos erraram bastante (a porcentagem de pontos conquistados chega a ser vergonhosa este ano!). E sou muito mais um piloto combativo e realmente habilidoso do que um burocrático e limitado, ou um habilidoso porem muito sujo. Ou ele ou Lewis, eu estaria satisfeito, pelo bem do espetáculo.

Abaixo seguem as chances de cada piloto para vencer o titulo da temporada.

Fernando Alonso (246 pontos)
Se for 1º: leva o título, independente de resultado.
Se for 2º: leva o título, independente de resultado.
Se for 3º: é campeão se Webber não vencer.
Se for 4º: é campeão se Webber não vencer.
Se for 5º: é campeão se Vettel e Webber não vencerem.
Se for 6º: é campeão se Vettel não vencer e se Webber for no máximo terceiro.
Se for 7º: é campeão se Vettel não vencer e se Webber for no máximo quarto.
Se for 8º: é campeão se Vettel não vencer e se Webber for no máximo quarto.
Se for 9º: leva o título de Vettel for no máximo terceiro e se Webber for no máximo quinto.
Se for 10º: leva o título de Vettel for no máximo terceiro e se Webber for no máximo sexto.
Se não pontuar: é campeão se Hamilton não vencer, Vettel for no máximo terceiro e Webber for no máximo sexto.

Mark Webber (238 pontos)
Se for 1º: é campeão se Alonso for no máximo terceiro.
Se for 2º: é campeão se Vettel não vencer e se Alonso for no máximo sexto.
Se for 3º: leva o título se Vettel não vencer e se Alonso for no máximo sétimo.
Se for 4º: leva o título se Vettel não vencer e se Alonso for no máximo nono.
Se for 5º: leva o título se Vettel for no máximo terceiro e se Alonso for no máximo décimo.
Se for 6º: já não tem chances de título.

Sebastian Vettel (231 pontos)
Se for 1º: leva o título se Alonso for no máximo quinto, independente de Webber.
Se for 2º: é campeão se Webber for no máximo quinto e se Alonso for no máximo nono.
Se for 3º: já não tem chances de título.

Lewis Hamilton (222 pontos)
Se for 1º: é campeão se Alonso não pontuar, Vettel for no máximo terceiro e Webber for no máximo sexto.
Se for 2°: já não tem chances de título.

Fonte: Site Terra

PS: 1) Dietrich Mateuschitz disse essa semana: “Prefiro perder a dar ordens de equipe”. Se ele realmente o cumprir, temos ai um homem que deve ser seguido, um exemplo de desportividade!

2) Essa foi uma declaração de um leitor do Jornal O Globo desta 3a. feira. Mas… ja imaginaram se virasse verdade? “Caro Renato, imagine a seguinte situação: corrida em Abu Dahbi, faltando poucas voltas para o fim, com Vettel em primeiro, Webber em segundo e Alonso em terceiro. É perfeitamente aceitável que Vettel abra passagem pra Webber, evitando o título do espanhol e trazendo os canecos de contrutores (já garantido) e pilotos para a equipe. Troca de posições feita, Webber em primeiro, Vettel em segundo e Alonso em terceiro. Webber quase campeão. Eis que, na última volta, explode o motor de Alonso! Se Vettel não tivesse deixado Webber passar, venceria a corrida e acabaria campeão, com o mesmo número de pontos que o seu companheiro de equipe, mas duas vitórias a mais. O que deve fazer Webber? Retribuir a gentileza e abrir caminho para Vettel? Ou segurar o carro até o fim, com Vetel pressionando toda a equipe pelo rádio? Que situação! Ainda está arriscado os dois baterem na última curva e o campeão ser o Hamilton…”

Anúncios

Tags:, , , , , , ,

About Carioca

Engenheiro Mecanico, adoro carros e esportes (a soma tambem conta).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: