Semelhança Americana


Kevin Garnett reclamando com o arbitro, no lance que culminou com sua expulsão de quadra

Com bola no pé ou na mão, parece que o problema se tornou uma máxima mundial: a baixa qualidade da arbitragem pelo mundo. Uma velha conhecida dos faz tupiniquins do velho e violento esporte bretão, agora também é qualidade (ou não) da maior liga de basquete do mundo: a afamada NBA.

Para os que acompanham, já não é segredo que a qualidade da arbitragem por la anda sofrível. O numero de faltas técnicas aplicadas, alem do erros crassos de decisões fomentam uma seria discussão por aquelas bandas. Só que uma medida da Liga esta causando revolta entre os jogadores: a partir de agora toda e qualquer demonstração de repudio ou discordância da marcação do arbitro se transforma diretamente numa falta técnica. Na teoria, deveria funcionar assim, mas todo o jogador (considerando que ele é um ser humano) sempre demonstrou sua opinião contraria, sendo marcada a falta técnica apenas quando essa demonstração fosse muito acintosa. Conseqüência disso é o que estamos vendo na pré-temporada, pois jogadores que sempre tiveram boa conduta dentro de quadra sendo expulsos por tomar duas ou mais faltas técnicas no mesmo lance, como Kevin Garnett, que apenas reclamou da falta que cometeu e tomou 3 no mesmo lance.

Se essa atitude servisse para proteger os juízes dos jogadores, que sempre estão com o sangue quente, tudo bem. Mas na verdade, essa regra surgiu para proteger os árbitros… deles mesmos. Os números de erros cometidos nos últimos tempos são tão abissais, que a Liga colocou essa regra para que eles sejam mais respeitados, mas como eles podem ser respeitados, se suas decisões são quase sempre erradas ou absurdas? A reclamação da Associação de Jogadores esta nessa premissa, de que eles têm sim o direito de reclamar, mas sempre mantendo o respeito ao arbitro.

O que a Liga não esta pensando é que isso pode se transformar em uma nova greve, como aconteceu na temporada de 1999. A Associação já não anda la muito satisfeita com a Liga e com uma atitude dessas só deve piorar as coisas. Não estranharia em ver uma greve dos jogadores no final da próxima temporada, se tudo continuar como está. E considerando que aquela temporada foi a pior que este blogueiro acompanhou em 15 anos assistindo a NBA, prefiro torcer para que tal situação simplesmente não aconteça.

Minha sincera opinião esta totalmente a favor dos jogadores. Afinal, faz parte do esporte o jogo de emoções, o psicológico em relação ao que acontece. E a Liga simplesmente não pode agir dessa forma, pois seria como jogar a sujeira para debaixo do tapete. O certo é fazer o que deveriam estar fazendo por aqui: proteger sim os árbitros, mas cobrando deles um bom trabalho, uma decisão correta. Simplesmente colocar regras de proteção sem acarretar melhorias não vai melhorar nada a situação, como vai piorar a relação entre a Liga e os jogadores, já antes desgastada. Devido a repercussão dessas novas regras, acredito (e espero) que haja uma instrução de “pegar mais leve” quando a temporada oficialmente começar (começa na próxima 4ª feira, dia 27). Se não mexerem nisso, podem apostar que a chapa vai ferver, e isso não será bom para ninguém.

PS: E não é que o GP da Coreia vai acontecer mesmo? 😀

Anúncios

Tags:, ,

About Carioca

Engenheiro Mecanico, adoro carros e esportes (a soma tambem conta).

One response to “Semelhança Americana”

  1. Bruno Rosik says :

    Concordo com vc.
    Tipo, nenhum jogador vai falar- “Senhor juiz, o senhor está errado”
    esporte é isso mesmo. Gestos e palavrões fazem parte.

    Só não pode ter exagero..

    Greve neles!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: