Clássico é Clássico. E vice-versa!


Vasco da Gama 2×2 Fluminense

Ontem fui com o Bruno Rosik e mais alguns amigos a um evento em Campinas, e no horário da nossa viagem de volta aconteceram os clássicos que agitaram a rodada do Campeonato Brasileiro. Mais ou menos no começo do 2º tempo, paramos num posto para comprar coisinhas. Lá havia uma TV ligada nos jogos daquele horário. Eis que, enquanto eu pegava uma garrafa de coca, ouço da TV “e temos gol na rodada!”. Virei pro Bruno e falei “bem que podia ser do Vasco!”. E a voz me grita “e o Vasco VIROU o jogo no Maracanã!”. Olhei pra ele e ele me olhou com a maior cara de surpresa, enquanto eu soltava um sonoro “Puta Merda!”. Logo depois, durante a viagem e o 3º gol do Corinthians (estávamos ouvindo o clássico paulista no radio do carro), o Fluminense empatou.

A historia acima foi apenas uma cômica coincidência de tudo que aconteceu no gramado do Maraca ontem. Muito tem se falado que o Vasco da Gama merecia ter vencido o jogo e que as circunstancias do jogo que contribuíram para o empate. Não vi o jogo, então não posso opinar nada a respeito. Mas sabendo da força do time do Fluminense e levando isso em consideração, podemos dizer que o resultado foi realmente justo, para desespero dos gambás corinthianos que estavam juntos conosco na viagem. Se eu fosse apostar em um resultado para esse jogo, seria algo bem parecido ao que aconteceu, visto a força técnica tricolor e a organização tática do Gigante da Colina.

Me surpreendeu a atuação de Carlos Alberto. É realmente um jogador diferenciado. Se conseguir controlar mais seus nervos, tem tudo para ser o jogador do campeonato, numa próxima edição. Não marcou gol, mas deu as duas assistências do time na partida, alem de uma bola na trave aos 47 da etapa final. Outros que merecem destaque são Eder Luis, que mal chegou e já marcou 2 gols, mostrando enorme adaptação ao (bom) esquema tático de PC Gusmão; e Fagner, que sempre me chamou a atençao por ser um lateral leve e ágil, coisa rara nos dias de hoje. E suas boas subidas sempre rendem bons ataques pela direita, culminando com um gol no clássico de ontem. Minha momentânea decepção fica com Felipe, que não tem mostrado nada alem de firulas. Sei que ele pode mais que isso e estou esperando sua real adaptação ao time. Dos reforços, foi o único que não mostrou serviço, mas acredito que ele acorde em breve.

Falei posts atrás que vejo o Vasco da Gama como um dos favoritos ao titulo, se continuar nessa forma atual. Em breve saberemos se minha aposta está correta.

Anúncios

Tags:, , ,

About Carioca

Engenheiro Mecanico, adoro carros e esportes (a soma tambem conta).

One response to “Clássico é Clássico. E vice-versa!”

  1. Bruno Rosik says :

    Fluminense tá com um time bem arrumado. Vasco fez muito bem em empatar com o líder!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: