Marcha Húngara


Mark Webber vencedor do GP da Hungria

These are my impressions about the Hungarian Grand Prix of Formula 1

“Hungaroring é que nem uma mulher difícil: Tem de ficar de olho nela o tempo todo para não perder o controle”

Esta declaração de Sebastian Vettel define bem o que o circuito da Hungria, o permanente mais lento da temporada. Um circuito com muitas abruptas variações de lado das curvas, sejam elas de alta ou de baixa velocidade. Um circuito a moda antiga, que não perdoa um erro, muito menos algum exagero numa zebra.

A vitoria de Mark Webber foi indiscutível. Sempre o critiquei e continuo o achando um piloto que está tendo muita sorte em disputar o titulo, já que ele nunca o mereceu. Mas não posso deixar de elogiar sua corrida incrível. Se aproveitou do Safety Car, não entrou no pit e correu mais da metade da corrida com o pneu super-macio. Graças ao bom carro da Red Bull, essa façanha foi possível, possibilitando ele a abrir vantagem suficiente para voltar na frente de Fernando Alonso e apenas conduzir seu carro ate a linha de chegada. Alonso terminou em 2o. e Vettel num complicado e protestado 3o. lugar.

Pouco antes da largada do Safety Car, a Red Bull tentou uma tatica de equipe. Fez Vettel deixar Webber abrir uma certa distancia, para que este fizesse varias voltas de classificação e abrisse o suficiente para garantir uma dobradinha do time. Mas ele não contava com uma regra (que nem eu conhecia) que não permite uma distancia maior que 10 carros entre um carro e outro (aproximadamente 45 metros). Por causa dessa “infração”, Vettel teve de fazer um drive-through e voltou atrás do Alonso. Mesmo com um carro bem mais rápido, Vettel não teve a menor chance de passa-lo. Sobre este paragrafo, existem duas coisas que vou comentar abaixo.

A categoria que criou a regra do Pace Car foi a Indycar em meados dos anos 80, e nunca apareceu regra alguma sobre a distancia máxima permitida. E mais que isso, acabou destruindo um jogo de equipe totalmente limpo, onde a Red Bull aproveitou o Vettel atrás do companheiro, para que este pudesse fazer um escudo e Webber pudesse voltar após o pitstop na frente de Alonso. Mas mais uma vez a Formula 1 e suas regras exageradamente rígidas, destruiu um perfeito exemplo de como uma equipe deve agir. Não era esse o exemplo que eles deveriam passar?

Uma outra coisa que me chamou a atenção é de uma tecla que venho batendo há meses aqui neste blog: O “ar sujo” formado pelos difusores quando o carro passa. Aos que viram a corrida, puderam reparar que Vettel sempre ficava numa distancia de 2 carros atrás do Alonso e nunca a vencia, mesmo tendo um carro mais rápido. Neste intervalo forma-se um turbilhão, provocado pelo formato dos tais difusores duplos que causaram tanta novela na temporada passada; e nesse turbilhão fica impossível manter o carro no mesmo desempenho, já que este joga a asa dianteira para cima, tirando toda a aderência dianteira do carro, fazendo a pilotagem ficar bem mais complicada. Na Indycar é possível colar atrás do carro da frente o tempo todo, mesmo sendo outro carro baseado na aerodinâmica. É tudo uma questão de desenho do carro, de principio de projeto. E a Formula 1 deveria mexer nisso com urgência. Então… Por que o Rubinho ficou varias voltas colado no Schumacher?

Já que falamos no Rubinho, vamos comentar a corrida dele. Depois de mais uma largada extraordinária, vi que ele foi vitima de uma tática errada e de uma infelicidade. A tatica de largar com mo pneu duro é desastrosa em 90% das vezes, pois é provado que, nesse sistema de apenas troca de pneus, vale mais a pena trocar cedo. E o que já foi “meio errado” ficou mais ainda com o Safety Car na pista, que diminuiu uma provável diferença que Rubinho teria mais para frente na prova. Mas essa tatica errada proporcionou um dos melhores pegas do ano. Rubens voltou atrás de Schumacher e, como estava com pneus novos e super-macios, começou a tirar 2 a 3 segundos por volta ate encostar no alemão. Nesse momento vimos o mesmo problema dos difusores que Vettel, mas Rubens o vencia por ter um carro mecanicamente muito mais estável que o de Schumacher (pneus novos), que acabava por vencer esse problema do turbilhão. Mesmo assim, ele teve dificuldades para vencer ate conseguir a ultrapassagem. Mas ela veio após uma atitude muito suja do alemão, que chegou quase a jogar o carro de Rubens para o muro, na tentativa de impedir a ultrapassagem. Atitude alias, muito parecida com a que ele mesmo fez com Massa no GP do Canadá. Ele só vem provando o que eu já sabia há tempos, mas o mundo preferia fazer vista grossa: Schumacher é um piloto sujo e mau cratera, que só vencia porque tinha o melhor carro e não tinha uma disputa justa nessa equipe vencedora. Agora que ele esta sentindo o gosto do próprio veneno, está perdendo a compostura. Esse acontecimento está agora sendo analisado pelos comissários de prova e eu acredito que deve sair como punição um acréscimo de 20 segundos no tempo final do piloto alemão.

Felipe Massa não pode fazer nada alem do que fez. Sua não-adaptação a este carro o faz perder décimos por volta em relação ao Alonso. E após o acontecimento da ultima prova, não é de se estranhar que ele tenha perdido o espírito de luta, mesmo que só um pouco. Espero que ele se erga logo e faça aparecer aquele Felipe aguerrido, que fez o mundo delirar em 2008, mesmo com todos os problemas que encarou.

Edit: Foi anunciada a punição de Michael Schumacher. Ele perderá 10 posições no grid de largada do GP da Bélgica, daqui a 3 semanas. Uma punição muito inteligente, visto que a perda de 20 segundos não mudaria em nada o resultado, já que ele não estaria marcando pontos de um jeito ou de outro. Finalmente, uma bola dentro!

Rapidinhas

– Que besteira fez o mecânico da Renault na saída de box do Kubica hein? Ele nunca aprendeu que tem de olhar para o pitlane antes de liberar o carro?

– Hamilton fora da prova e liderança voltando para os carros da Red Bull. Só com erros dos adversários para eles liderarem o campeonato…

Fotos: http://www.gpupdate.net

Anúncios

Tags:, , , , ,

About Carioca

Engenheiro Mecanico, adoro carros e esportes (a soma tambem conta).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: