Tragédia Italiana – O que aconteceu com gli Azzurri?


La Gazzeta - Quagliarella ao final do jogo

La Nazionale eliminada na primeira fase – O que dizer? Depois de 2 jogos e meio sem nenhuma criação de jogadas e sem esquema tático, com chutões para frente e falhas defensivas.
Nunca vimos um time italiano sem criatividade e sem jogadas trabalhadas como este ano. De Rossi não conseguia faze-lo, Marchisio não apareceu para jogar e Montolivo muito burocrático. Sem Totti e sem Pirlo esse time de 2006 não seria nada.

No ataque tínhamos Gillardino e Iaquinta, ambos postes sem criatividade e habilidade. Di Natale e Quagliarella no banco, esperando uma chance e Lippi, não colocava.
Di Natale entrava de vez em quando,  no final do jogo, pra tentar resolver. Quagliarella nem entrar entrava.

A Zaga não pode receber muita culpa, porque o meio de campo deixava Cannavaro e Chielini sozinhos a todo momento. Mas Zambrotta e Criscito apagadíssimos na defesa e nada produzindo no ataque. O que mais se viu no mundial foi Chiello e Cannavaro mano a mano com atacantes adversários.

Cannavaro consolando Fábio Quagliarella

Marchetti poderia ter fechado o ângulo no segundo gol da Eslováquia e saído mais rápido no terceiro. Mas de qualquer forma, não podemos condenar o goleiro por falhas defensivas também. (O gol de lateral foi grotesco…)

No segundo tempo contra a Eslováquia, finalmente, Lippi colocou Pirlo e Quagliarella. O primeiro porque voltou de contusão e o segundo por desespero. Quagliarella infernizou a defesa da Eslováquia, marcou 2 gols (1 impedido por pouco), chutou pro rebote no outro gol e quase fez um gol que o zagueiro salvou em cima da linha. 4 lances de gol claro que o atacante fez, mais que o time italiano inteiro na copa.

Sempre curti o Quagliarella e fiquei muito feliz com ele na copa, mas achava que ele nunca entraria. Mas como a Itália começou a jogar mal, a imprensa começou a “cornetar” Lippi pedindo outros atacantes. Quagliarela começou a ser cogitado e eu me animei.
Nunca imaginei que ele iria entrar e fazer o que fez, mas não foi suficiente, mesmo sendo muito.

Bom, sem muito o que falar sobre essa participação pífia da Azzurra. Foi-se uma geração vitoriosa embora. Cannavaro, Pirlo, Buffon, Gattuso e Zambrotta talvez nunca mais joguem uma copa do mundo. A renovação na nazionale é “vicina” e necessária.

Se é que isso serve de consolo, a Eslováquia se classificou. Festa no meu outro país de ascendência. Sou Italiano / Tcheco e ao menos o segundo país tá nas oitavas. (Os Rosiks da Eslováquia devem estar felizes ao menos)
NOTA: Os times que fizeram a final na ultima copa estão fora da copa, com atuações pífias. O futebol tem umas histórias engraçadas e hoje mais uma foi escrita.
Nem vo comentar o outro jogo, porque foi a Nova Zelândia é um time muito tosco e não atacou na copa inteira. Fizeram um gol de falta que tirou a Itália da copa, maior feito deles. Paraguay atacou um pouquinho e quase marcou por lá. Parabéns a mais um time sulamericano.

Algumas frases que li em jornais italianos:

“L’Italia torna a casa, ultima nel girone, dopo un Mondiale da dimenticare”

La Gazeta Dello Sport

“L’Italia é questa. Giusto tornare a casa”

Buffon

“La responsabilità è mia. Ho preparato male la squadra”

Marcello Lippi

Como todo final trágico, Lippi se despede também do comando da seleção Italiana. E o povo italiano, pelo que estou lendo, finalmente dando valor ao Quagliarella e criticando muito, mais muito mesmo o Lippi..

Forza Itália! Vai precisar. A Imprensa de lá vai cobrar muito o senhor Lippi pelo time que iniciou os 3 jogos.

Algumas fotos tristes da eliminação. Na sequência:
Pirlo chorando ao corredor do vestiário, Quagliarella desabando, Lippi inconformado, Il Capitano incrédulo e chorando no corredor. Para quem achava que esses milionários não tinham comprometimento com seus países, errou. Ao menos esses tinham. Faltou bola e esquema tático mesmo.


Anúncios

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , ,

About Bruno Rosik

Descendente de Italianos, estudante de Publicidade e Propaganda, metido a jornalista esportivo e escritor.

4 responses to “Tragédia Italiana – O que aconteceu com gli Azzurri?”

  1. Carioca says :

    Olha, do Paraguai, o pouco que vi foi o time latino atacando sem parar e o Neo Zelandes jogando Rugby. Alias, ate de “All Blacks” eles estavam…

    E meritos ao time da Oceania: eliminado, porem invicto!

    Sobre a Italia, vc ja disse tudo. So complemento numa coisa: O que se passava na cabeça de Marcello Lippi ao retirar o Gattuso de campo no final do 1o. tempo? Justo o cara que protegia a zaga com unhas e dentes? Ele pode ter jogado fora a classificaçao nesse detalhe, visto a abertura que o meio-campo dava a zaga.

  2. Carioca says :

    Ah, lembrei de uma coisa: com a Italia fora, pelo menos teremos 2 bons juizes pra a final: Frank de Bleckere, da Belgica, e Roberto Rossetti, da Italia. Pelo menos nessa parte, a Italia ta mandando muito bem!

    E se o Uruguai sair nas 8as., teremos Jorge Larrionda! Oscar Ruiz, esse vai ate o fim 😛

  3. Bruno Rosik says :

    Um vídeo da imprensa italiana com Quagliarella. REconhecimento merecido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: