“Howdy Ho” Para Briscoe


Ryan Briscoe, vencedor do GP do Texas

Tivemos uma cena rara no Texas nesse sabado a noite: O Pole Position venceu a prova! Ryan Briscoe surpreendeu e venceu numa pista onde a vantagem costuma ser dos Chip Ganassi. Surpresa tambem na 2a. posiçao, com Danica Patrick. Deve ter feito bem para ela esse resultado, ate para amenizar a declaraçao antipatica e grossa dela nos treinos para as 500 Milhas. O terceiro tambem foi um bom resultado para a Andretti Autosports, com Marco Andretti. Tony Kanaan foi o melhor dos brazucas na 6a. posiçao. Alias, eu e Bruno Rosik vimos a prova juntos, via live streamming do site da Indycar.

O grid de largada (e a 1a. metade da corrida) foi o reflexo do campeonato, dominado por Chip Ganassi e Penske, tendo seu final mudado pela intromissao dos Andretti, mas muito mais devido a uma boa tatica de corrida, ainda mais numa prova de carros iguais e de “pe embaixo” o tempo todo. Relativo ao dominio das 2 equipes, nao vejo muita mudança ate o final da temporada. Helinho abandonou numa batida com Mario Moraes, mas apesar de todos falaram dos dois lados, vi um erro do spotter de Mario, que nao avisou a entrada do carro do Helio por fora. Como ali é um ponto cego, Mario acabou batendo por nao saber que Helinho estava la. Erro de um cara que é pago para avisar aos pilotos dos carros que aparecem fora do campo de visao dos mesmos. Independente disso, nao considero mais o Helinho um candidato ao titulo. A nao ser que ele tenha uma reaçao incrivel nas proximas 4 provas, ele esta fora.

***

No proximo dia 30 teremos a seleçao do novo chassis da Indy, que estara valendo a partir de 2012. Alguns meses atras, comentei sobre essa mudança e a equipe que controlaria essa selaçao, sendo um deles o brasileiro Gil de Ferran, bi-campeao da F-Mundial, campeao das 500 Milhas de 2003 e chefe de equipe. Poucas informaçoes circulam a respeito, mas é sabido sobre o novo motor. Atualmente a Honda faz um motor V8, de 3.5 litros, que produz 650 cv de potencia. O novo motor sera turbinado, 2.4 litros, gerando entre 550 e 700 cv. Essa mudança de potencia seria variada com a regulagem da pressao do turbo. Num post futuro, falarei de uma nova tendencia do automobilismo mundial, que é a volta do turbo nos motores.

***

A proxima prova é no oval de Iowa. Um oval curtissimo de 0,875 milhas (1,4 km), de velocidade relativamente baixa e de ultrapassagem complicada. Pista assim nao é dominio dos Chip Ganassi, mas eles estarao fortes la tambem. Espero algum carro de fora fazendo surpresas por la.

Anúncios

Tags:, , , , , ,

About Carioca

Engenheiro Mecanico, adoro carros e esportes (a soma tambem conta).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: