Prato principal: Indy 500 milhas de emoção! Entrada: F1


Entrada:

Neste domingo pela manhã houve o grande prêmio da Turquia de F1, confesso que estava nem um pouco afim de ver esta corrida, cheguei até a dormir após a rodada de trocas de pneus, mas acordei na hora certa, na 37ª volta quando houve um vestígio de emoção na prova. Até então os acontecimentos foram a ultrapassagem de Vettel em cima de Hamilton na parada nos boxes e Alonso que, também nos boxes, saiu do 12º para o 10º lugar…

Vettel após acertar Webber

os demais continuavam nas mesmas posições e parecia mais uma

vitória fácil para Mark Webber e para a RBR, mas eis que chega a 40ª volta e a política da equip

e de liberar a disputa entre seus pilotos e Vettel que não queria deixar o australiano vencer. O resultado? Tentou ultrapassar num espaço que não tinha e quase tirou os dois da prova. Vettel abandonou, Webber conseguiu voltar, mas muito longe da vitória, apenas na 3ª posição, atrás da dupla da Mc Laren que ganharam uma dobradinha e quase uma outra atrapalhada entre duplas, mas o caso foi mais brando e com respeito os dois se mantiveram nas posições e a prova terminou com a vitória de Hamilton e a segunda posição de Button.

Prato Principal

Após aguardar angustiosamente o mês de maio inteiro por esta prova, eis que chegou as 14h deste domingo e pude

Linha de Largada

finalmente conferir a maior prova do automobilismo mundial, a famosa 500 Milhas de Indianápolis.

A corrida mística e mais divertida de todo o calendário estava prestes a começar… Nas arquibancadas e bastidores são realizadas grandes festas repletas de comida, bebida e muita diversão. Já a corrida…

Logo no começo parecia que a corrida seria dos brasileiros. Helio largando em 1º, Tony que largou em último já estava fazendo fila nas ultrapassagens, Raphael Matos e Mario Moraes estavam se destacando e avançando posições, nossa maravilhosa Bia era a melhor novata

Tony fazendo a fila

na pista, Vitor Meira e Mario Romancini figuravam próximos as posições iniciais e Bruno Junqueira, um dos brasileiros que acreditava brilhar na prova bateu…

Na re-largada Dario Franchitti pulou na frente e assim seguiu pelas maiorias das voltas, já os brasileiros brilhavam e também iam caindo aos poucos, Mario “Fish” Moraes estava em 12º até parar nos boxes com problemas mecânicos, já Rapha Matos, que estava em 4º, rodava nos boxes depois de ter um pneu solto em sua parada, voltando à pista o muro foi seu destino.

Rapha Matos bate, desta vez na pista.

O carma na bandeira verde-amarela continuou, Vitor Meira foi parar no muro também… mas a esperança do brasileiro, todos sabem, é muito grande e pareceu ajudar dois brasileiros, Tony avançava feito louco e já estava em 4º, quando Hélio adotou uma estratégia ousada, parou mais cedo e acreditava com uma bandeira amarela para não bater mais e vencer a corrida. E não é que estava dando certo! Faltavam 10 voltas para o final e o brasileiro estava em 1º com Tony em 3º, finalmente o sofrimento dos brasileiros iria ser recompensado… mas o santo do escocês estava forte hoje. Helio teve que fazer um splash & go a 8 voltas do final, voltando apenas em 15º. Calma, o Tony então agora está em 2º e se aproximando de seu grande amigo Dário e pronto para fazer a ultrapassagem, mas faltando 5 voltas também foi aos boxes para colocar algumas gotas a mais.

Carro de Mike Conway ainda inteiro.

Pois é a bandeira amarela dos brasileiros não veio, mas veio a do escocês. Na última volta, quando seu carro ia diminuindo a velocidade e quase sendo ultrapassado por Dan Wheldon veio um incrível acidente com Mike Conway que ocasionou a bandeira amarela e vitória de Dário.

O pódio ficou com Dário Franchitti em Primeiro, Dan Wheldon em segundo e Alex Lloyd em terceiro. Calma… Dan e alex o que??? Pois é a estratégia dos dois funcionaram… ficaram o tempo inteiro escondidos no meio e derrepente surgiram para faturar grandes colocações.

Este foi o resumo da corrida por um brasileiro, mas como podem ver… foi emoção do início ao fim!

A festa do leite de Dário Franchitti.

Anúncios

Tags:

6 responses to “Prato principal: Indy 500 milhas de emoção! Entrada: F1”

  1. Carioca says :

    F1: Eu tava dormindo na hora da batida dos Red Bull. Acordei com meu padrasto gritando, de tao chata que foi a prova. Felipe fez o que podia, bem como Rubinho.

    Indy 500: Se deu bem quem fez boa tatica de pitstops. O 9o. do Helinho nao foi a verdade da prova. Meritos para o Tony, que largou em ultimo e chegou a liderar a prova e Bia, que se nao tivesse um problema no pit, teria terminado na volta do lider.
    Mike Conway esta no hospital, consciente e bem, mas com a perna esquerda fraturada. Acho que fica 1 mes fora. Quem sabe a Bia nao entra no lugar dele?

    Ah sim, Chip Ganassi entrou pra historia, ao vencer as 500 Milhas de Daytona e Indianapolis no mesmo ano, como chefe de equipe. E QUASE que venceu as 600 Milhas de Charlotte tambem (dessa vez, Penske deu o troco!).

    E deu pena o Rapha Matos. Chegou a ser 3o. e tinha um carro constante e bateu… Mas Gil tem estrela, vcs viram do que ele pode ser capaz!

  2. Bruno Rosik says :

    Bela matéria Toddy! Mandou bem!

  3. Pedro Ivo says :

    Essas “brigas” é que são a parte divertida em corridas. Tem que liberar os pilotos para digladiarem pelas posições!

  4. Carioca says :

    Tambem acho. Mas acho que nao ha uma formula para obrigar as equipes a tal. Pelo menos, nao descobriram algo assim. Ainda.

  5. Teddy says :

    Bom… com relação a disputa interna de pilotos nem preciso dizer qual a minha opinião… basta ver meu maior interesse na Indy, os pilotos desenvolvem os equipamentos juntos, acertam os carros juntos, torcem um pelo outro na classificação (vide caso do Tony em Indy), porém na pista cada um faz a sua corrida e disputam entre si, mas com uma tremenda diferença da F1… eles tem RESPEITO!!! Pois é, respeito um com o outro, também a mais de 300 Km/h qualquer toquinho é muro…

    Esqueci de mencionar o PIOR da corrida… Transmissão da Band… TOTALMENTE FAIL … os caras me pegam e param de transmitir a corrida na volta 150 para poder passar o jogo dos Bambis… se pelo menos fosse lance de gol, mas os caras pegam um jogo ruim e até no INTERVALO passaram os “melhores” (houve algum bom?) momentos e deixam os fãs da Indy desolados … Os caras compram o direito EXCLUSIVO de transmissão e dão esse furo … já tinham feito com outra etapa da temporada, mas fazer isso com a Indy 500 é SACANAGEM!!! Pqp… por outro lado dou os PARABENS ao pessoal do Terra.com.br que transmitiram a corrida na íntegra, assim como a festa de comemoração…

  6. Carioca says :

    Nessas horas, dou graças por ter um Bandsports em casa….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: