[GAMES] O início…


Não lembro em que post, alguém, que também não lembro quem foi (perdoem minha memória), sugeriu que falássemos de jogos de futebol. Eu gostei muito da dica, tanto que vou começar, aproveitando para convidar os demais blogueiros para falarem um pouco também.

Meu contato com jogos de futebol começou em 1997. Nessa época eu tinha um Mega Drive. Saudoso Mega Drive.

Meu aniversário estava próximo, era começo de maio, meus pais e eu fomos ao Mappin (!!) e lá, em meio a um monte de jogos escrotos que só um Mega Drive pode te proporcionar, percebi uma caixa branca com um jogador de futebol vestindo azul e os dizeres “FIFA 97”. Eu tinha 9 anos, diante de tantos jogos que eu não conseguia avaliar a existência de um fator comum, futebol, já era o suficiente para eu escolher. Além disso, eu não tinha um jogo de futebol (na verdade eu só tinha Sonic 2 e Mortal Kombat), então era um gênero novo, uma nova opção. Mal sabia eu que aquela caixa branca ia me bancar dezenas de horas de diversão.

Acredite se quiser: é o Bebeto.

Hoje eu posso avaliar, aquele jogo era BEM mal feito; quanto aos gráficos, não precisa nem falar, né: 16 bits, TODOS os jogadores eram iguais, os uniformes não tinham nenhum detalhe, nem o número. A jogabilidade péssima, o botão que fazia o jogador correr era o mesmo do chute, ou seja, você segurava o botão de chute e, enquanto estivesse pressionado, ele correria, porém, ao soltar o botão, inevitavelmente o jogador chutaria a bola, e bem forte, afinal o botão ficou apertado um bom tempo.

Era impossível jogar, os jogadores não corriam, se corriam, você ficava condenado a um chute muito forte onde quer que você terminasse a corrida. Passe? Cruzamento? Esquece.

Porra, o Fifa 97 para Mega Drive estaria condenado, até para uma criança de 9 anos com duas fitas um jogo impossível de jogar não é capaz de gerar diversão. Pois é, estarIA.

A idéia mais absurda, sem noção, sem lógica do jogo foi exatamente a que o salvou (pelo menos para mim, 9 anos, em 1997): o modo “Futebol-de-salão-showbol”.

Gráficos alucinantes e o modo "Indoor"

O modo se chamava “Indoor”, mas não sei descrevê-lo melhor que Futebol-de-salão-showbol. É exatamente isso! Acho que os desenvolvedores do jogo queriam uma novidade, um tipo totalmente diferente dentro do mesmo jogo. A idéia brilhante: futebol de salão. Mas ia depender de alterar toda a física do jogo, se mantivesse a mesma usada nos jogos no campo, teria muitos laterais, escanteios e tiros de meta. Como resolveram isso? Simples: aboliram as linhas laterais e de fundo, o campo era uma arena, tal qual o showbol. Ali, o problema do botão de corrida era perfeitamente contornável. No campo pequeno, você não correria, ficaria tocando a bola. Se quisesse correr, o tamanho do campo e o fato de a bola não sair nunca permitiam que você chutasse tranquilamente, sem nenhum prejuízo.

Aí vocês pensam: “Orra! Eles foram pesquisar times e jogadores de futebol de salão? Foda!”

Até parece… Os times e os jogadores eram os mesmos dos times normais. Sim, se você pegasse o Brasil pra jogar em “Indoor”, tava lá o Taffarel, o Dunga, o Romário, o Bebeto. A única diferença era que, nesse modo, só eram 6 titulares.

Os níveis dos jogadores era outro evento memorável. O melhor jogador do FIFA 97 era o Bebeto, nível 96 ou 97, não lembro direito. Só pra você ter um parâmetro, no Fifa 09, Cristiano Ronaldo é nível 89. Bebeto foi melhor que o Pelé!! Depois dele, os melhores jogadores estavam em times americanos. Depois de muito jogar e assistir os créditos do jogo percebi que eram jogadores com os mesmos nomes dos desenvolvedores do jogo. Os melhores personagens no Fifa 97 do Mega Drive simplesmente não eram jogadores de fato! Bons tempos que esse tipo de irresponsabilidade não dava em nada.

Lembro também que tinha a opção de Custom Team (e eu pronunciava isso de forma aportuguesada, imagine só como devia ser) e ela permitia que você criasse um time próprio, se quisesse, poderia repetir um mesmo jogador quantas vezes quisesse, até o limite de 22, que era o máximo de jogadores num time. Adivinhe: meu time tinha 22 Bebetos! Em pouco tempo percebi que o Bebeto não era um grande goleiro, daí em diante meu clube passou a contar só com 21 Bebetos.

[UPDATE]Outra cosia que merece destaque era a cor do uniforme do Corinthians: algo entre o rosa e o roxo. Completamente sem noção! Ou então profetizaram a camisa roxa 11 anos antes. Ô loco![/UPDATE]

Eu joguei muito esse jogo, vários meses. Até que meu primo comprou um Nintendo 64 e o jogo World Cup 98, foi aí que larguei o Fifa 97. Se eu jogar o World Cup 98 hoje vou ver claramente que é uma merda, por isso nem procuro vídeos dele no Youtube. Na minha memória é um jogo FODA, adorava! Graças a ele eu gosto da seleção da Espanha, só jogava com ela. Ironicamente, nunca consegui ser campeão com os espanhóis, sempre perdia na Semifinal ou na Final.

Fifa? PES? Sou mais esse aí!

De 1998-99 a 2007 não tive mais contato com videogames. Só 2007, já com discernimento suficiente para avaliar um jogo, voltei a jogar, mas isso já é assunto para outro post, onde vou tratar um pouco das diferenças entre o Fifa e o PES. Nada muito técnico, minha visão pessoal.

Pedro Ivo

Anúncios

Tags:

About Pedro Ivo

21 anos, estudante de direito, colecionador de camisas de times estrangeiros e corintiano.

16 responses to “[GAMES] O início…”

  1. Marcelo Pimentel says :

    Belo post! Embora eu discorde…=P

    Os jogos FIFA eram revoluções a cada lançamento, e perto do que tinhamos na epoca, eram EXTREMAMENTE bem feitos.

    Claro, observando hoje, parecem toskos e mal-acabados, mas isso é efeito da “evolução” natural.

    Eu lembro quando comprei o FIFA 94. Poutz, pirava MTO no jogo. E só tinham seleções… aquilo sim era uma revolução…

    E o que voce disse ta certo, o fifa 97 era muito bom exatamente por essa historia do futebol indoor, que era bem legal…confesso que também perdi muuuuuuuuuuuuuuitos meses jogando ele…

    Lembro que o FIFA só foi “vencido” quando um outro jogo foi lançado.
    Alias, esse jogo que deu origem ao PRO EVOLUTION SOCCER que temos hoje, o nome é “International Superstar Soccer” para SNES, lançado como “WINNING ELEVEN” no japão…=D

  2. Carioca says :

    Joguei o FIFA 97 do SNES. Uma das piores jogabilidades que encarei na vida!! E para ajudar… o uniforme do Vasco era… ROXO!! ¬¬
    Pelo menos, os jogadores tinham nomes reais.

    O primeirao pra mim foi o FIFA 94 (oficialmente FIFA International Soccer). O que mais se destacava era a musica do jogo, pq a jogabilidade era discutivel. O FIFA 95 pro Genesis era mais “chuta pra ver no que da”. E normalmente dava em gol!

    Faço questao de falar do International Superstar Soccer. Ate pq, estou jogando ele ultimamente no emulador 😀

  3. Bruno Rosik says :

    Eu jogava fifa 95 e ADORAVA! Tinha um mega e ficava o dia inteiro jogando o 95. Tinha até libertadores! Eu pegava o São Paulo e ia pra libertadores direto. Era só ganhar a Liga e tudo mais! Era muito bom!
    Sem contar que era uma das primeiras fitas com memória embutida!

    Mas depois que conheci o W11, nunca mais joguei fifa. W11 sempre foi muito mais realista dentro de campo, embora fifa sempre fosse mais realista nas estatisticas.

    Fifa até 2004 ou 2005 vc atravessava o adversário correndo, se ele não apertasse nenhum botão. No PES ou W11, vc não consegue e precisa pensar e soar um pouco mais pra fazer gols.

    Mas é muito bom lembrar de jogos antigos assim, dá uma saudade..

  4. Pedro Ivo says :

    Wow! International Superstar Soccer! MUITO melhor que Fifa 97, mas eu tinha Mega Drive e esse era pra SNES, então joguei muito pouco. Esse post fica pro Carioca.

    Aliás, graças ao World Cup 98, pra mim, nunca existirá no mundo um ataque melhor que Luis Enrique e Raul, e nunca um goleiro melhor que o Zubizarreta. =P

  5. Carioca says :

    HAHAHAHAHAHAHAHAHA!!! Que ataque hein 😀

    Sobre ataque foda, nao lembro os nomes do atacantes do Brasil no FIFA 94. Mas lembro que nao havia goleiro melhor que o Carlos Santana XD

    Zueras a parte, Zubizarreta jogou 5 Copas do Mundo. Poucos chegaram nessa marca. So me recordo de um goleiro mexicano e do Lothar Matthaus! O.o

  6. Bruno Rosik says :

    International era o melhor! Jogava todo dia na casa de um amigo que tinha Snes! Nossa..

    O Baggio tinha um nome diferente, vo lembrar e coloco! hahahah!
    Todo mundo com nomes modificados pra não pagar direitos autorais hahahaha

  7. Bruno Rosik says :

    Ivo, depois no fórum eu deixo a senha do twitter do blog e vc coloca pra atualizar autometicamente! É bem útil! Vo deixar lá na seção secreta, a ultima!

  8. Pedro Ivo says :

    PUTZ! acabei de elmbrar de uma coisa. Lembro que quando o jogo começou a ficar fácil, depois de meses jogando, eu criava alguns desafios, por exemplo fazer 20 a 0 no “Indoor”.
    Um deles foi fazer um gol de goleiro no modo normal. Que surpresa a minha ao ver que não contava o gol para o goleiro! O cara mais próximo da bola, sem ser o goleiro, levava o gol pra ele. O goleiro fez um golaço de placa, atravesosu o campo inteiro, marcou e quem saía comemorando era o cara que tava ali na banheira. O pobre autor do gol ficava parado olhando a festa. Maldade pura.

  9. Bruno Rosik says :

    VERDADE! HAHAHAHAAAHHAHAA! Lembrei disso do goleiro! Muita mancada! Não tinha sprites de goleiro comemorando! HAHAHAHA

  10. Carioca says :

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!! CARAIO 😀

  11. Rodrigo Silva says :

    International Superstar Soccer bate qualquer jogo de futebol! huashuasahuhsua

    Quem nunca jogou com o cachorro de juiz? auhshasua
    Ou fez o gol manjado do meio do campo que a bola pinga na frente do goleiro e entra…?!

    Sensacional! uhashuahusa

    Abraços.

  12. Bruno Rosik says :

    Fato! cachorro de Juiz. Muito inútil o código mas sempre fazíamos! hahahahah

  13. Carioca says :

    “AU AU!”, Free Kick!!! XD

  14. Marcelo Pimentel says :

    O melhor do International Superstar Soccer eram os Hacks.

    Taque a primeira pedra quem não jogou o “Ronaldinho Soccer 98”

    “MAS QUE GORAÇOOOOOO”, dizia um espanhol na apresentação…HAHHAHAHA

  15. Bruno Rosik says :

    Tinha! E quando vc fazia falta com o X+A ele falava em ingles no som original! E o Segundo escanteio seguido era “Corner”
    kkkkkkkkk
    muito mal feito

  16. Carioca says :

    Tirou!!! Periiiiiiiiiigo!!!
    Tirou!! Aborda…. estcanteio!

    Saque do goleiro!!!

    XD

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: