Automobilismo – Qualidade das Transmissoes no Brasil


Carissimos, domingo passado foi a estreia das duas maiores categorias de Formula do mundo: A insuperavel Formula 1 e a sempre brilhante Indycar. Entra ano, sai ano, as equipes mudam, pilotos mudam… mas o que deveria mudar, continua o mesmo.

Galvao e seu ego extremamente inflado

Vamos começar pela Formula 1. Ligo a TV domingo de manha para ver o Galvao falar. Ha ate 10 ano atras, ele era um cara extremamente pedante, mas que falava coisas coerentes, corretas. Acreditem, ja tive prazer em ver o Galvao narrar uma corrida. Atualmente, me deparo com um cara velho, esquecido, distraido, que muitas vezes nao tem sequer noçao do que esta falando. Para citar um exemplo: chegou um dado momento, que a TV focalizou um carro da Toro Rosso, que tem desenho parecido com o Red Bull, mas com um detalhe de diferente: O RBR tem bico amarelo e o STR tem bico dourado, diferenciado justamente para que o mundo todo possa reparar a diferença. Pois bem, esse cara ficou o tempo todo falando que era o Vettel naquele carro, insistindo no erro. E para ajudar, Reginaldo Leme tem muitos anos de praça, manja demais do mundo da F-1, mas ta seguindo o mesmo caminho que o Galvao, estando avoado, perdido na prova. As coisas acontecem e tudo que eles sabem é ficar olhando um pro outro, falando asneiras (nem sempre corretas). O coitado do Luciano Burti, ex-piloto e eximio conhecedor de todos os acontecimentos da categoria, é o que salva, pois ele fica atento ao que acontece. Mas ele nao pode fazer nada, pois quem manda é o Galvao.

Luciano do Valle: O que esqueceu da sua profissão

E voces acham que isso so acontece na Formula 1? Na transmissao da Sao Paulo Indy 300, me deparo com o Luciano do Valle. Este ja muito experiente, transmite a Indy desde 1987, mas se me dissessem que ele teve um AVC, eu acreditaria. Ele consegue errar sobre fatos que ele mesmo me transmitiu 15 anos atras! E da mesma maneira, avoado, errando nome de pilotos, perdido na corrida, insistindo em seus erros. Novamente, um ex-piloto da categoria (Felipe Giaffone) é o que salva a tranmissao, entendendo o que acontece na prova, passando os dados com maestria, com o conhecimento de quem pilotou 5 anos na Indy, chegando a vencer uma corrida. Sem mencionar a Celso Miranda, reporter do ramo ha mais de 10 anos, que entende como poucos como que funciona o automobilismo americano.

Em contrapartida, tive a oportunidade de acompanhar um qualifying da Indycar, via live streaming, com a narraçao da Versus, subsidiaria da ESPN para corridas. Gente, é um outro mundo! Narradores entendidos e por dentro de todos os acontecimentos e seus reporteres, que poderiam serem simples correspondentes, sao gente do ramo, que entendem igualmente muito da categoria que transmitem. Eles pegam acontecimentos in loco e passam ao espectador com rapidez e precisao! Nesse dia, entendi o que é uma transmissao boa de verdade.

No Brasil, temos um bom exemplo que se salva: as transmissoes do Canal Speed, feitas por Sergio Lago e Roberto Figueroa. Eles acompanham apenas do studio em Los Angeles, mas sabem de tudo o que acontece e conhecem tudo do esporte que transmitem, lendo e respeitando sempre a opiniao do espectador ao vivo (eu mesmo tive varios e-mails lidos e comentados por eles), sem deixar de fazer uma transmissao descontraida, onde a brincadeira e o bom humor aparecem, sem deixar de fazer um trabalho serio.

Minha mae, vendo o treino da F-1 soltou uma frase que define perfeitamente o que vemos em nossas (porcas) transmissoes: “O Galvao e o Reginaldo tem egos tao grandes e inflados que nao cabem naquela cabine!”. Essa simples e verdadeira frase foi a perfeita definiçao da transmissao esportiva no Brasil, mais precisamente com o automobilismo. Temos narradores velhos, distraidos, que querem mostrar que sao os bons, tudo porque sao os chefes do departamento esportivo de suas emissoras. Enquanto isso, temos que aguentar suas demonstraçoes de impafia e ignorancia completa do evento que transmitem, sendo que tudoque queremos é assistir ao nosso esporte favorito, com um minimo de qualidade de transmissao.

Anúncios

Tags:, , , , , , ,

About Carioca

Engenheiro Mecanico, adoro carros e esportes (a soma tambem conta).

8 responses to “Automobilismo – Qualidade das Transmissoes no Brasil”

  1. Felipe Palmeiras says :

    O melhor foi ver o Galvão narrando domingo passado e faltando uma volta ele já soltando “Vence Fernando Alonso, mimimi”, mas na TV estava 49/49 ou seja ele tinha aberto a ultima volta naquela hora. E depois pra ele admitir o erro xD
    Mas se olharmos bem na Globo temos quem? Galvão, Cleber Machado (Hoje não! Hoje não! Hoje sim……..) e o Luiz Roberto enquanto que na Band temos o LUciano “gaga” do Valle e o Teo José, que ainda acho o melhor narrador de corridas aqui no Brasil

  2. Carioca says :

    Vc lembrou bem do Teo Jose, ele manja bastante. E como pude esquecer da gafe da ultima volta?? Fiquei ate rouco de tanto xinga-lo O.o

  3. Tati Hana says :

    Concordo plenamente, mas depois de décadas assistindo as narrações egocêntricas e imprecisas na Globo, eu já quase perdi as esperanças de que alguma coisa possa mudar. Quem dá audiência pra Globo afinal, não são só os fãs apaixonados pelo esporte, que sabem que o Galvão só fala asneira!!
    Mas acho que é por aí, fiquei contente de você ter mencionado as transmissões do Canal Speed, é uma pena que não seja acessível para que todos possam apreciar o trabalho dos bons narradores.

  4. Pedro Ivo says :

    E a narração do SPORTV? É boa?

  5. Bruno 6-3-3 says :

    SporTv não a mesma plástica na voz e tal, mas eu prefiro! Concordo ae Cari!

  6. Green says :

    É carioca, transmissao ta tensa aqui
    nao vejo a hora de vir a copa do mundo pro cleber machado(que erra muito mas nao insiste no erro,e da um toque de humor) e o luis roberto tirarem o galvao da formula um

    eu tive o prazer de assistir uma corrida do Senna narrada pelo Murray Walker. OUTRO MUNDO.Narraçao da nascar tbm é mto mais legal,podem ver pelos videos com acidentes q tem no blog da globo,o voando baixo (mto ruim…o blog da jovem pan eh mto melhor) que narrador e comentarista falam mto bem

    c ya

  7. Carioca says :

    A narraçao do SporTV é feita por um narrador especializado em futebol e um comentarista de larga experiencia, que é o Lito Cavalcanti. Ao meu ver, Lito entende MUITO de mecanica, mas sua opiniao sobre os acontecimentos dentro da categoria sao fraquissimos. Mas para transmitir treino livre e VT da corrida, que tem audiencia relativamente baixa, nao ha do que reclamar, fato!

  8. Teddy says :

    Da até gosto ver as corridas da NASCAR… narração perfeita, comentaristas sempre atentos e a informação é passada de forma correta e sem deixar escapar qualquer detalhe… depois eu passo um link com o Live pela Internet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: