Análise do jogo: Santos 6 x 3 Bragantino


Felipe Santista também manifesta seu luto

Felipe Santista também manifesta seu luto

Boa noite, querido leitor! Primeiramente quero dizer duas coisinhas:
1- Meus sentimentos à Ciça pelo falecimento de seu pai.
2- Feliz aniversário, mãe! Que Deus te ilumine sempre.

Bom, vamos ao que interessa, o SHOW santista sobre o Bragantino (Santos dando show, novidade…). O alvinegro praiano começou o jogo esmagador. Comandado por Robinho, o time da Vila Belmiro abriu logo no primeiro tempo uma vantagem de 3×0 no placar. No segundo tempo logo no primeiro minuto o Santos ampliou sua vantagem com André, após uma jogada de Robinho.

Robinho este que merece um parágrafo à parte. De volta à sua casa, o rei das pedaladas vem mostrando um excelente futebol desde que chegou ao Santos Futebol Clube (pobres Sãopaulinos, logo de cara já viram o Rogério Ceni ajoelhado diante de um gol de letra). Ontem Robinho mostrou pra que veio, ousado no primeiro tempo arriscou várias finalizações (o que não caracterizou sua passagem anterior pelo time). Acho importante ressaltar também aos gambás corinthianos que não é só gordo que sabe fazer gol de cobertura.

Já disse ontem que Neymar resolveu finalmente jogar bola mas acho válido deixar claro que esse garoto tem me surpreendido cada vez mais (negativa e positivamente, visto que tomou um cartão amarelo INFANTIL e está fora da próxima rodada do Paulistão). Amarelos também para Edu Dracena e Roberto Brum. Segundo tempo um pouco mais equilibrado menos

Santistas comemoram gol sobre o Brangantino

Santistas comemoram gol sobre o Brangantino

esmagador, o time do Santos acabou por sofrer 3 gols e por marcar mais 3. O primeiro gol sofrido pelo alvinegro praiano foi de falta, infantilidade do goleiro Felipe, montou a barreira e ficou atrás da mesma, resultado foi um chute no outro canto, um escorregão do goleiro e gol do adversário. Edu Dracena fez penalti e argentino Frontini diminui para o Bragantino. Mesmo sofrendo mais um gol aos 39 do segundo tempo, o atacante Zé Eduardo (que entrou no lugar de Neymar) recebe de Mádson (ô baixinho encapetado, como disse o narrador da rádio que eu ouvi o jogo) e fecha o placar em Santos 6 x 3 Bragantino.

Em linhas gerais só deu Santos como sempre, bobeadas da zaga e do goleiro nos custaram 3 gols, momento de treinar a defesa e pensar sobre o que vale mais: a perícia de Felipe ou a experiência de Fábio Costa. De qualquer forma, a galera da granja (leia-se: porcos e galinhas) que não se cuide senão é mais meia dúzia de gols do peixe.

Um abraço e boa noite!

Anúncios

Tags:, , , , , , ,

3 responses to “Análise do jogo: Santos 6 x 3 Bragantino”

  1. Bruno 6-3-3 says :

    HAHAHA! Muito bom o post, curti o estilo. Consciente e provocador sem exagerar.

    Só uma coisa a comentar do post, tirando a belíssima atuação do Santos, foi que o Neymar provocou o cartão rp não jogar o prox jogo e ficar livre pro clássico! Neymar muito esperto.

  2. Mah says :

    NAO CURTI O POST… CADE O HUMOR ? GAMBÁ?

  3. Rafael Carvalho says :

    SAAAAAAAAAAANTOS PORRA!!! neymar sagaizzzzzzzzzzzzz… resultado ótimo: 6×3, fora o show neh!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: